Ganhar dinheiro com agiotagem vale a pena?

Em: Empréstimos

Agiotagem é uma prática muito antiga e muito comum na sociedade. Pessoas que estão sem emprego mas que têm um dinheiro guardado costumam aderir à prática como forma de ganhar mais dinheiro sem que precise sair de casa.

Se você está considerando a possibilidade de se tornar um agiota, vale a pena se atentar a alguns fatores essenciais que apresentaremos neste texto.

O que é um agiota?

Antes de mais nada, é preciso saber o que é um agiota. Basicamente, um agiota é uma pessoa que pratica usura, ou seja, que empresta dinheiro para outras em um mercado alternativo, fora do mercado de crédito legítimo.

Normalmente cobrando juros bem elevados, eles são procurados por pessoas desesperadas que não têm crédito no mercado comum ou que estão fortemente endividadas, não podendo recorrer a bancos tradicionais.

O acordo entre o agiota e quem pede o dinheiro costuma ser verbal e feito por indicação de conhecidos. O tomador do empréstimo é submetido a prazos de pagamento e juros fora do padrão do mercado. Geralmente devido a essa urgência e necessidade, as pessoas costumam aceitar os termos do agiota, mesmo se os mesmos estão muito além do mercado legal.

Basicamente qualquer um pode se tornar um agiota. Você só precisa ter dinheiro o suficiente e disposição para emprestá-lo e tratar de eventuais problemas, como pessoas que não pagam a tempo.

Vale a pena?

É justo dizer que um agiota ganha muito dinheiro de forma fácil. Afinal de contas, resumindo de forma bem simplificada, a agiotagem funciona da seguinte forma: o agiota empresta dinheiro para alguém e tem seus lucros a partir dos altos juros cobrados.

Para se ter uma ideia, os juros cobrados por agiotas são tão caros que chegam a alcançar 400% por ano. Um seja, um lucro estrondoso, muito acima do valor comum do mercado.

Porém, é preciso sempre ter em mente que agiotagem é um negócio arriscado. A pessoa pode simplesmente não te pagar ou até mesmo declarar falência, fazendo com que parte do seu dinheiro seja perdido.

Para um negócio de sucesso, deve-se emprestar somente a pessoas com responsabilidade o suficiente para quitar a dívida. Essa análise de quem é responsável o suficiente para pagar corretamente deve ser feita de acordo com diversos fatores, como histórico e confiança.

Ilegalidade

É preciso avisar que ser um agiota é um trabalho ilegal. Isso acontece porque os empréstimos são feitos de forma ilegítima, sem qualquer regulamentação e sem autorização do Banco Central.

Sendo assim, se você for pego comprovadamente praticando agiotagem, você com certeza acabará na cadeia e pode pegar de 1 a 5 anos de detenção. Antes de entrar nesse meio, é preciso considerar as possíveis consequências. Você ganhará dinheiro fácil e em grande quantidade, isso é fato. Em contrapartida, você corre o risco de ser pego pela justiça, o que pode mudar sua vida de um jeito muito negativo.

Vale dizer, também, que o meio entre agiotas costuma ser um tanto quanto violento. Por não poderem recorrer à justiça para cobrar inadimplentes, eles costumam recorrer a meios não convencionais de cobrança, muitos deles violentos e perigosos. É comum encontrar notícias na mídia de casos de agiotagem que resultam em ferimentos graves e até mortes.

Se tornar um agiota é uma decisão que precisa de muita reflexão. E sinceramente? Apesar de o dinheiro ser alto, fácil e rápido, ganhar a vida com agiotagem é perigoso, imoral e ilegal. Uma vida que acaba por não valer a pena e que pode colocar em risco não só você, mas toda a sua família e amigos, além de ser ruim para sua vida social.

SERASA - Consulte seu CPF Online Totalmente Grátis
Nubank - Cartão de Crédito Sem Comprovar Renda
Melhores Cartões de Crédito para Negativados

Um comentário

  1. celio says:

    acho que os maiores argiotas são os bancos vc compra um carro paga 2 o júri do cartão de crédito 500%ao ano

Deixe um comentário