Vale a pena pegar emprestado com agiota para quitar dívida de cartão ou cheque especial?

Em: Empréstimos

Muitas vezes, ao utilizar o cartão de crédito e/ou o cheque especial de forma descontrolada, nos colocamos numa situação financeira inesperada e acabamos nos enrolando para pagar todas as contas que aparecem de uma vez só. Algumas pessoas, ao se depararem com essa situação, tendem a buscar o caminho mais fácil ou rápido, que aparecem como opções sedutoras a curto prazo, mas a longo prazo podem acabar complicando ainda mais nossa situação financeira.

dividas-agiota-cheque-especial

Um dos “caminhos mais curtos” que aparecem para quem se encontra numa situação de dívida e não sabe como quitar, é o empréstimo com agiota. Neste texto, explicaremos por que pegar dinheiro emprestado com agiota pode complicar ainda mais a sua situação financeira.

O que é um agiota?

Agiota é uma pessoa que empresta dinheiro próprio para outros. Como essa é uma prática ilegal, a garantia que o agiota tem do retorno do dinheiro são os bens de quem ele está emprestando. Esses bens geralmente são vinculados à terceiros, para não incriminar facilmente o agiota. Além disso, a prática é conhecida por cobrar sempre juros abusivos mensais em cima do valor. Geralmente, são cobrados juros mensais de 12% a 40% em cima do valor emprestado. Esses juros são muito maiores do que os cobrados por bancos, por exemplo.

O agiota pode ser do tipo ocasional, que tem um pouco de dinheiro guardado e quer fazê-lo render mais depressa por meio de empréstimos. Porém, pode ser também um agiota do tipo profissional, que tem como meio de vida a agiotagem. Nesse segundo caso, o agiota tem todo um sistema ilegal para coagir, pressionar e extorquir suas vítimas.

Vale a pena pegar dinheiro emprestado de agiota para quitar minha dívida?

Basicamente, não. Não vale a pena porque é quase certeza de um endividamento ainda maior. Os juros podem, em média, fazer com que o valor inicial da dívida aumente cinco vezes em 12 meses. Ou seja, você paga o valor que tomou emprestado e ainda fica preso a uma dívida que só vê crescer. Como geralmente as pessoas que utilizam esse tipo de empréstimo já estão com nome sujo e não têm como pagar as dívidas anteriores, não conseguirão pagar a nova dívida, principalmente quando ela cresce exponencialmente.

Além disso, agiotas profissionais usam meios de extorsão para continuar recebendo e intimidando suas vítimas, chegando a ameaçar seu patrimônio e sua família. Muitas dívidas são feitas a partir da garantia de um bem, seja um carro ou uma casa, o que coloca o agiota em situação de ganho inevitável, já que com o crescimento eminente da dívida, ele acabará ficando com seu bem. O mesmo é difícil de ser recuperado, porque mesmo em processos onde o agiota é condenado pelos crimes cometidos, muitas vezes o pagamento e a passagem de bens foram feitos por intermédio de terceiros, conhecidos como laranjas, como citado anteriormente. Assim, fica difícil para a justiça ligar o agiota ao crime e recuperar os bens perdidos.

Como quitar dívidas de cartão/cheque especial?

A melhor maneira de quitar dívidas de cartões de crédito e cheque especial vinculadas à bancos é negociando o valor diretamente com a agência, ou com seu gerente. Vocês podem chegar a um acordo de parcelas mensais que caibam no seu orçamento, sem comprometer os outros gastos. Você pode também trocar uma dívida maior por uma dívida menor, ou seja, no caso do cheque especial, onde os juros são mais altos, você pode quitar utilizando o crédito consignado. Além de ter juros menores, o crédito consignado é mais seguro pois o valor é deduzido diretamente da folha de pagamento.

SERASA - Consulte seu CPF Online Totalmente Grátis
Nubank - Cartão de Crédito Sem Comprovar Renda
Melhores Cartões de Crédito para Negativados

Deixe um comentário